Cocal

Cocal

Evaldo Neres Notícias de Cocal e Região

evaldococal@gmail.com

(86) 99919-1492

Postada em 08/01/2018 ás 02h43
Saúde bate meta e terá mais R$5,5 milhões para novo mutirão em 2018
O Primeiro Mutirão atendeu mais de 2.000 pessoas

Publicada por: Evaldo Neres

Fonte: AsCom SESAPI

Saúde bate meta e terá mais R$5,5 milhões para novo mutirão em 2018

Balanço do Mutirão de Cirurgias

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, apresentou, na útltima terça-feira (02), o  balanço do Primeiro Mutirão de Cirurgias Eletivas, realizado em formato simultâneo em 10 hospitais regionais. Ao todo, 2.053 pessoas foram atendidas, em diversas especialidades, destacando as ginecológicas, ortopédicas, gerais, oftalmológicas e pediátricas. 

“A realização do primeiro Mutirão superou a meta de 2000 cirurgias estipuladas, pois alcançamos 2053. Essa superação da meta demonstra o grau de dedicação dos nossos profissionais, de todos aqueles que fazem a Secretaria de Saúde, para que nós pudéssemos atender a população piauiense”, afirma o secretário. 

Com este resultado, Florentino destaca a nova meta: contemplar mais de 7 mil piauienses com cirurgia de catarata. “Nós estamos estimulado para essa meta muito maior, que é o novo mutirão de cirurgias que vamos realizar em 2018. Nossa meta é zerar a fila em 2018. É uma meta ousada, vamos ter dificuldade e precisamos assumir o compromisso para zerar”, afirma, assegurando que os recursos de R$5,5 mihões são oriundos de emenda parlamentar do deputado federal Assis Carvalho.

Somente em cirurgias de catarata, o Primeiro Mutirão beneficiou 602 pessoas, que foram atendidas em quatro hospitais: Estadual Dirceu Arcoverde, em Parnaíba; Dr. Mariano Lucas de Sousa, em Buriti dos Lopes; Regional Julio Hatman, em Esperantina e Gerson Castelo Branco, em Luzilândia, que realizou no último final de semana do ano de 2017, foram 100 procedimentos. As cirurgias gerais beneficiaram 868 pacientes e as ginecológicas, 365. 

A realização do Mutirão Simultâneo em dez hospitais regionais, que foi realizado em dois meses, teve grande envolvimento das equipes da rede hospitalar, assim como das equipes da Secretaria de Estado da Saúde. O Hospital de Buriti dos Lopes, por exemplo, antes mesmo da reinauguração, atendeu 100 pessoas com cirurgias de catarata.

O centro cirúrgico do Hospital Regional Teresinha Nunes Barros, em São João do Piauí, foi reaberto e em menos de 30 dias, realizou 98 procedimentos. “Estamos gratos aos diretores dos hospitais, aos médicos, aos profissionais de enfermagem e a todos os funcionários dos hospitais que se dedicaram, abdicaram seus finais de semana e feriados, para podermos alcançar essa meta”, agradece Florentino.

Veja os números:

1 – Hospital Regional de Campo Maior

Total de procedimentos – 200

2 – Hospital Regional Teresinha Nunes Barros – São João do Piauí

Total de procedimentos – 98

3 – Hospital Regional Deolindo Couto – Oeiras 

Total de procedimentos – 232

4 – Hospital Estadual Dr. Mariano Lucas de Sousa – Buriti dos Lopes

Total de procedimentos – 100   

5 – Hospital Regional Manoel de Sousa Santos – Bom Jesus

Total de procedimentos – 98

6 – Hospital Regional João Pacheco Cavalcanti – Corrente

Total de procedimentos – 101

7 – Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – Parnaíba

Total de procedimentos – 265

8 – Hospital Regional Julio Hartam – Esperantina

Total de procedimentos – 412

9 – Hospital Estadual Gerson Castelo Branco – Luzilândia

Total de procedimentos – 321

10 – Hospital da Polícia Militar – Teresina

Total de procedimentos – 223

Veja também
Prefeito e vice
Vereadores
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2019 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium