Barro Duro do Piauí

Barro Duro do Piauí

Neto Pereira Notícias de Barro Duro do Piauí e Região

netopereira14@bol.com.br

(86) 999771464

Postada em 08/01/2018 ás 18h52
Presídios do Piauí terão reforço de 150 agentes penitenciários
Os 150 aprovados no último concurso para agente penitenciário, realizado no ano de 2016, participaram na manhã desta segunda-feira (08), da aula inaugural do Curso de Formação de Agentes Penitenciários no auditório da Associação Piauiense de Municípios (APPM).

Publicada por: Neto Pereira

Fonte: MN

Presídios do Piauí terão reforço de 150 agentes penitenciários

Imagem Divulgação (Crédito: Divulgação)

Os 150 aprovados no último concurso para agente penitenciário, realizado no ano de 2016, participaram na manhã desta segunda-feira (08), da aula inaugural do Curso de Formação de Agentes Penitenciários no auditório da Associação Piauiense de Municípios (APPM). O curso é realização da Secretaria de Justiça do Piauí, através da Academia de Formação Penitenciária (Acadepen).

De acordo com o diretor da Acadepen, Jacinto Teles, o curso servirá para preparar o agente penitenciário para sua lida diária no sistema penitenciário, levando em consideração os objetivos do sistema que é a punição do autor do delito pelo crime praticado e a preparação para o retorno à sociedade.

“O novo agente está sendo preparado com a disciplina de inteligência penitenciária. Nós sabemos que o sistema de organizações criminosas no Brasil se fortalece muito a partir do interior das prisões. E nesse sentido, o agente penitenciário tem de estar capacitado e treinado nessa questão da inteligência penitenciária para se antecipar a determinadas ações criminosas”, destacou.

 (Crédito: Raissa Morais) (Crédito: Raissa Morais)

As 580 horas de carga horária serão divididas com as disciplinas administrativas e operacionais como Procedimentos e Rotinas Penitenciárias, Execução Penal e Direito Penal, Ética no Serviço Prisional, Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), Noções de Saúde e Enfrentamento às Drogas no Ambiente Penitenciário, Escolta, entre outras.

“O grande desafio do curso é compatibilizar a parte técnica operacional de segurança prisional com o respeito à dignidade da pessoa humana. Sabemos que a carência de agentes penitenciários é alarmante em todo o país. Por isso, é importante não somente convocar os agentes. O Estado tem de manter o pagamento desse pessoal, para não acontecer o que vem causando pânico no Rio Grande do Norte, onde milhares de servidores estão com pagamentos atrasados desde novembro”, reconhece o diretor.

Veja também
Prefeito e vice
Vereadores
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2019 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium