Cocal

Cocal

Evaldo Neres Notícias de Cocal e Região

[email protected]

(86) 99919-1492

Postada em 09/01/2018 ás 17h55
Barrense é assassinado com 30 facadas no Mato Grosso
Mais um barrense, que sai de sua terra natal em busca de melhorar a sua condição financeira no Estado do Mato Grosso, retorna a Barras numa urna funerária

Publicada por: Evaldo Neres

Fonte: Atividade On Line

Barrense é assassinado com 30 facadas no Mato Grosso

Barrense é assassinado em mto Grosso

Mais um barrense, que sai de sua terra natal em busca de melhorar a sua condição financeira no Estado do Mato Grosso, retorna a Barras numa urna funerária, para a tristeza e dor dos familiares e amigos. Roberto de Sousa Oliveira, tinha 44 anos, foi assassinado com 30 facadas na noite do último domingo (7), no setor Novo Horizonte, em Barra do Garça, estado do Mato Grosso, a 515 quilômetros da capital Cuiabá.

Segundo informações prestadas pela Policia Civil daquela cidade, o crime foi motivado por uma briga envolvendo a vítima e mais dois amigos. Conforme a ocorrência, Roberto discutiu com Editon Teixeira Sousa, de 27 anos, e desferiu três tapas no rosto do colega. Revoltado com as agressões, Editon resolveu chamar José Robson Moisés Lima para se vingar do agressor. Ele e José Robson perseguiram Roberto em uma via pública no setor Novo Horizonte e ao encontrá-lo, devolveram os tapas no rosto. No entanto, Robson foi mais longe, armado com uma faca, desferiu cerca de 30 golpes na vitima.

Depois de cometer o crime, a dupla tentou empreender fuga, mas foi presa por uma guarnição da Policia Civil no bairro Jardim Nova Barra. Na Central de flagrante, José Robson confessou ser o autor das facadas que matou Roberto. As informações repassadas pela Policia Civil dão conta de que os três foram contratados na região Nordeste pela construtora que executa as obras do Atacadão na cidade.

Roberto Sousa Oliveira, o barrense assassinado, trabalhava na função de soldador de caldeira. Filho do saudoso João Eurípedes e dona Maria Firmina, que residiram por muitos anos na localidade Roça Velha, nas proximidades da ponte sobre o rio Longá. Hoje residem na localidade Curicacas, a uns 300 metros adiante, às margens da Pi Barras/Batalha, onde a família aguarda o corpo que chegará a Barras até sexta-feira, final desta semana.

Veja também
Prefeito e vice
Vereadores
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2020 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium