Teresina - PI

Min 22ºMax 31º

25 de maio de 2018

Postada em 10/03/2018 ás 07h36
Prefeita Vilma Amorim (PT) lança nota de esclarecimento em relação a polêmica criada pelo vice-prefeito Jânio Filho (PSB)
Vice-prefeito Jânio Filho (PSB) acusa a gestora por viajar para a Europa sem transmitir o cargo e teria passado mais que 15 dias em sua ida à Itália com a família sem que também tivesse pedido autorização formal à Câmara de Vereadores

Publicada por: Redação Estado Piauí

Fonte: Portal Estado Piauí

Prefeita Vilma Amorim (PT) lança nota de esclarecimento em relação a polêmica criada pelo vice-prefeito Jânio Filho (PSB)

Aliança possivelmente tenha um ponto final

Nota de esclarecimentos aos falsos fatos imputados pelo Vice-Prefeito de Esperantina – PI.

A Prefeita Municipal de Esperantina – PI, vem por meio desta nota esclarecer as inverdades lançadas pelo vice-prefeito, que seduzido pela ambição de ascender ao cargo de prefeito, sem ter sido escolhido pela população de Esperantina – Pi, tenta aplicar um golpe a democracia, criando fatos inexistente e imputado a minha pessoa a prática de atos que jamais pratiquei em toda a minha vida pessoal e pública.

Primeiramente, em respeito à população de Esperantina, esclareço que minha viagem foi somente no período de 15 a 28 de fevereiro de 2.018, ou seja, apenas 13 dias, conforme comprovo por meio das minhas passagens aéreas e meu passaporte. Portanto, tempo muito inferior ao exigido pela Lei Orgânica do Município de Esperantina, em seu art. 65, que faz tal exigência apenas em caso superior a 30 dias, e a Constituição Federal em seu art. 49, III c/c art.83, que exige referida autorização apenas para viagens por período superior a 15 dias.

Destaque-se que o vice-prefeito falta com a verdade quando faz publicar uma declaração em terceira pessoa para afirmar que não respondeu pela cidade durante o período do meu afastamento e pior, uma pessoa de nível superior, em sã consciência, não saberia o que estava assinando ao assinar uma ATA de reunião?

É no mínimo estranha a afirmação de que não saber o que assinou. Pois ao contrário do afirmado em nota pelo mesmo, este não apenas participou de reunião para transmissão de cargo, assinando ata; como durante todo o meu período de afastamento gerenciou a administração municipal, comandando todo secretariado conforme conversas mantidas pessoalmente, via telefone e watzap, com vários secretários municipais, sempre cobrando resolução das demandas surgidas, tudo como seguem as conversas de watzap que estão em anexo.

Ressalte-se, finalmente, que o mesmo inclusive recebeu seu salário do mês de fevereiro como prefeito e, até a presente data, inexiste qualquer ato do mesmo buscando devolver o valor do salário de prefeito. Portanto, fica clara e evidente a tentativa de golpe do vice-prefeito, prática não estranha ao seu passado político e familiar, porém estamos convictos e com provas cabais da regularidade dos atos praticados, não havendo qualquer irregularidade na viagem que realizei.

Assim, seguiremos a administrar o município de Esperantina – Pi, dentro do respeito a todos os princípios que devem reger a administração pública, fazendo o possível para honrar com todos os compromissos assumidos com a população Esperantinense, os legítimos donos do poder!

Veja também
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2018 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium