Teresina - PI

Min 23ºMax 37º

23 de setembro de 2018

Barro Duro do Piauí

Barro Duro do Piauí

Neto Pereira Notícias de Barro Duro do Piauí e Região

[email protected]

(86) 999771464

Postada em 09/12/2017 ás 11h28 - atualizada em 09/12/2017 ás 13h29
Barrodurense Encontrado Morto Em Teresina Sumido 4 Dias Nas Proximidade De Sua Casa No Mario Covas
Comerciante Antenor Mendes Barradas, de 60 anos, natural do município de Barro Duro-PI

Publicada por: Neto Pereira

Fonte: Neto Pereira

Barrodurense Encontrado Morto Em Teresina Sumido  4 Dias Nas Proximidade De Sua Casa No Mario Covas

Image Divulgação

O comerciante Antenor Mendes Barradas, de 60 anos, natural do município de Barro Duro, teve seu corpo encontrado dentro de uma mata fechada entre os bairros Vila Irmã Dulce e Conjunto Mario Covas, na zona Sul de Teresina, na manhã de sábado (09). Antenor Barradas possuía um depósito de cereais e outros produtos, na Vila Palitolandia, também na zona Sul da capital.

O amigo da vítima Valdinar da Silva, disse que Antenor estava desaparecido há quatro dias e por solicitação da família, os amigos procuraram o corpo na mata, quando na manhã de sábado, ele avistou urubus, seguiu e encontrou o corpo do amigo.

“Nós passamos esses dias todos e não o encontrava, passamos pelo local várias vezes e hoje quando vi o urubu, procuramos um pouco mais e encontramos o corpo de Antenor”, declarou Valdinar.

O sargento José Odilio, da Companhia Independente do Promorar, disse que o crime foi provavelmente um assassinato porque em uma trilha foi encontrada uma bicicleta distante do local onde corpo foi encontrado, que é dentro da mata, sem nenhum caminho de acesso.

“Se ele tivesse morrido de causas naturais, com certeza o corpo estaria próximo da bicicleta. Ou ele foi assassinado e teve o corpo colocado na mata fechada ou tentou fugir e foi assassinado mais na frente”, falou o sargento, que na sexta-feira (08), foi na casa de Antenor Mendes Barradas, falar com a família e sua mulher forneceu a fotografia para que o marido fosse localizado.

O corpo foi reconhecido pelo irmão e os parentes da vítima, porque ele andava sempre com uma chave que estava dentro da sua roupa. O corpo esta em avançado estado de decomposição, com uma crosta negra envolvendo toda a sua pele e arcada dentária já não tem mais pele na cobertura.

O delegado Higgor Martins, da Delegacia de Homicídios, disse que o corpo vai ser levado para exame cadavérico e será feito perícia para apontar as causas da morte. Ele acredita que a vítima ia de bicicleta da Vila Irmã Dulce para Mario Covas, pelo atalho que dá acesso a estrada nova.

“Confirmado que houve homicídio, nós vamos investigar o crime”, declarou o delegado Higgor Martins, que recebeu a informação de populares que Antenor Mendes Barradas estava sendo ameaçado de morte por agiotas, que são pessoas que emprestam dinheiro a juros.

Veja também
Prefeito e vice
Vereadores
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2018 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium