Teresina - PI

Min 23ºMax 38º

18 de setembro de 2018

Floriano

Floriano

Felipe Nascimento Notícias de Floriano e Região

[email protected]

(89) 99413-1424

Postada em 22/05/2018 ás 13h09 - atualizada em 22/05/2018 ás 13h16
Gustavo usa o tempo de dois minutos para criticar o governo do estado
Gustavo usa o tempo de dois minutos para criticar o governo do estado

Publicada por: Felipe Nascimento

Fonte: Ascom

Gustavo usa o tempo de dois minutos para criticar o governo do estado

deputado Gustavo Neiva

O deputado Gustavo Neiva (PSB) fez uso do tempo de dois minutos, nesta manhã de terça-feira (22), para lamentar que ultimamente o estado do Piauí tem ocupado as páginas da imprensa nacional. Segundo ele, pelo descaso em relação a estrada de São Lourenço e Dom Inocêncio, que foi motivo de matéria em âmbito nacional, onde foram mostrados doentes tendo que subir escadas, para transpor uma ponte inacabada.

O parlamentar lembrou que no caso da ponte inacabada, a obra estava inserida na planilha no empréstimo dos 307 milhões e que o governo do Estado não gastou o dinheiro com essa estrada.

Ele se reportou também a uma outra matéria em âmbito nacional, onde mostrou a estrada da Transcerrados, estrada que também se encontra abandonada pelo governo do Estado, com obra paralisada e onde mostrou as dificuldades dos produtores dos cerrados piauienses que geram emprego e renda, para o estado do Piauí.

Gustavo Neiva lembrou também de mais uma reportagem veiculada nacionalmente, onde relatou a precariedade da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), maternidade referência no estado do Piauí.

“A matéria fala desde os níveis de mortalidade, hoje, aferidos naquela maternidade, onde o máximo aceitável é de oito mortes por cada mil nascidos vivos, e na Maternidade Dona Evangelina Rosa são mais de quarenta e três mortes, por mil nascidos vivos. Ou seja, cinco vezes o limite máximo, preconizado pela Legislação da Saúde”, relatou.

O deputado acrescentou que na MDER faltam medicamentos e que os salários dos servidores estão atrasados. Ele disse ainda que o Piauí ‘bate’ o recorde em analfabetismo, sendo o terceiro pior, da Federação Brasileira, e que só ganha do estado de Alagoas e do Maranhão. “Infelizmente, o Piauí ocupa o noticiário nacional só com péssimas notícias de descaso do governo do Estado com infraestrutura, com a saúde, com a educação. É Esso o caos que estamos vivendo n nosso Estado”, observou.

O deputado lembrou do apelo que fez aos estudantes, aos servidores públicos e a população de modo geral, a produzirem vídeos, mostrando o descaso a que compete a cada um em particular ou o descaso com o coletivo. E que o apelo tem surtido efeito, porque os vídeos têm chegado às redes sociais e ao conhecimento da população, mostrando a insatisfação em relação aos descasos e desmando do Poder Executivo.

Ele ressaltou que tem conhecimento de que o dinheiro do Governo Federal, para o transporte de deslocamentos de estudantes do interior, bem como para os hospitais de pequeno porte, está chegando ao estado do Piauí. “Agora o que o governo está fazendo com esse dinheiro, infelizmente, nós, deputado das oposição tentamos saber, através de um requerimento, onde pedimos informações sobre o que o governo estava fazendo co esse dinheiro, mas infelizmente, o governo, através das sua bancada, rejeitou os requerimentos de pedido de esclarecimento, tanto para a Secretaria Estadual da Saúde quanto a Secretaria de Educação”, reiterou o parlamentar.

Veja também
Prefeito e vice
Vereadores
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2018 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium