Floriano

Floriano

Felipe Nascimento Notícias de Floriano e Região

luizfelipenascimento2209@outlook.com

(89) 99413-1424

Postada em 13/11/2018 ás 14h19
Aprovação de auditoria em hospital de Floriano gera polêmica entre governistas
Aprovação de auditoria em hospital de Floriano gera polêmica entre governistas

Publicada por: Felipe Nascimento

Fonte: Alepi

Aprovação de auditoria em hospital de Floriano gera polêmica entre governistas

Deputado gustavo neiva

Dois requerimentos apresentados pelo deputado Gustavo Neiva (PSB) foram lidos e entraram para votação na sessão plenária desta terça-feira (13) e geraram polêmica na Casa. O primeiro, que solicita a presença do Secretário Estadual de Saúde na Comissão de Saúde para esclarecer a situação da saúde pública no Estado. Já o segundo, requereu do Tribunal de Contas do Estado uma auditoria do Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano.

As duas matérias questionam as condições de atendimento nos hospitais estaduais e também um vídeo divulgado nas redes sociais durante o final de semana que mostra pacientes em macas e colchões improvisados no chão do Hospital Regional Tibério Nunes. As imagens mostram dezenas de pessoas enfileiradas, sendo atendidas no corredor. As matérias geram polêmica durante a sessão, com o encaminhamento do líder do Governo na Casa, deputado Francisco Limma (PT), solicitando a rejeição pela bancada, do requerimento que solicita a autoria pelo TCE no Hospital Regional Tibério Nunes. “Com a presença do Secretário de Saúde nós temos a oportunidade de dirimir dúvidas não só do Hospital Tibério Nunes, mas também de todos os hospitais do Estado. Portanto a nossa orientação é a votação contrária desse requerimento que diz respeito à auditoria no Hospital Tibério Nunes”, disse Francisco Limma. “Nós estamos tratando de um assunto que não pode esperar, que é a saúde pública do Estado. Principalmente esses dias, quando tivemos externado como anda a situação da nossa saúde, com a divulgação de um vídeo do Hospital Tibério Nunes, o que nos deixa estarrecidos. Não podemos deixar de debater esse assunto e nem deixar uma auditoria naquele Hospital para depois”, disse o deputado proponente, Gustavo Neiva. As matérias entraram para votação e foram aprovadas por unanimidade dos presentes. Questionamento – o deputado Francisco Limma questionou a votação do requerimento que solicita do Tribunal de Contas do Estado uma auditoria do Hospital Regional Tibério Nunes, argumentando que o Presidente da Casa não deu oportunidade para encaminhamento da votação. “A forma como foi condizida a votação não nos deu a oportunidade do contraditório. O senhor Presidente colocou em votação um requerimento que estava sendo discutido sem dar oportunidade para o o líder encaminhar a votação. Então não posso aceitar”, questionou Limma. Em resposta, o presidente da Casa, deputado Themístocles Filho (MDB) disse que chamou o líder do Governo, mostrou os dois requerimentos e que todas as oportunidades foram dadas, além disso que a sessão está gravada.

Dois requerimentos apresentados pelo deputado Gustavo Neiva (PSB) foram lidos e entraram para votação na sessão plenária desta terça-feira (13) e geraram polêmica na Assembleia Legislativa. O primeiro, que solicita a presença do Secretário Estadual de Saúde na Comissão de Saúde para esclarecer a situação da saúde pública no Estado. Já o segundo, requereu do Tribunal de Contas do Estado uma auditoria do Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano.As duas matérias questionam as condições de atendimento nos hospitais estaduais e também um vídeo divulgado nas redes sociais durante o final de semana que mostra pacientes em macas e colchões improvisados no chão do Hospital Regional Tibério Nunes. As imagens mostram dezenas de pessoas enfileiradas, sendo atendidas no corredor.As matérias geram polêmica durante a sessão, com o encaminhamento do líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT), solicitando a rejeição pela bancada, do requerimento que solicita a autoria pelo TCE no Hospital Regional Tibério Nunes.“Com a presença do Secretário de Saúde nós temos a oportunidade de dirimir dúvidas não só do Hospital Tibério Nunes, mas também de todos os hospitais do Estado. Portanto a nossa orientação é a votação contrária desse requerimento que diz respeito à auditoria no Hospital Tibério Nunes”, disse Francisco Limma.“Nós estamos tratando de um assunto que não pode esperar, que é a saúde pública do Estado. Principalmente esses dias, quando tivemos externado como anda a situação da nossa saúde, com a divulgação de um vídeo do Hospital Tibério Nunes, o que nos deixa estarrecidos. Não podemos deixar de debater esse assunto e nem deixar uma auditoria naquele Hospital para depois”, disse o deputado proponente, Gustavo Neiva.As matérias foram colocadas em votação e aprovadas por unanimidade dos presentes, à exceção de Limma que reclamou muito do encaminhamento feito pelo presidente. Limma questionou a votação do requerimento de Gustavo Neiva solicitando ao Tribunal de Contas do Estado a realização de auditoria no Hospital Regional Tibério Nunes. O líder argumentou que o presidente Themístocles Filho não deu oportunidade para encaminhamento da votação. “A forma como foi condizida a votação não nos deu a oportunidade do contraditório. O senhor Presidente colocou em votação um requerimento que estava sendo discutido sem dar oportunidade para o o líder encaminhar a votação. Então não posso aceitar”, questionou Limma.Em resposta, o presidente Themístocles Filho (MDB) disse que chamou o líder do Governo, mostrou os dois requerimentos e que todas as oportunidades foram dadas, além disso que a sessão está gravada e ele entregaria uma cópia das imagens ao líder do Governo.

Veja também
Prefeito e vice
Vereadores
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2019 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium