Postada em 06/05/2019 ás 14h40 - atualizada em 06/05/2019 ás 15h40
Teresina já imunizou mais de 42% do público alvo contra a gripe
Desde o dia 10 de abril, 95.992 pessoas receberam sua dose.

Publicada por: Redação Estado Piauí

Teresina já imunizou mais de 42% do público alvo contra a gripe

Em menos de um mês do início da Campanha de Vacinação, mais de 42% do público alvo já foi imunizado contra a gripe. Desde o dia 10 de abril, 95.992 pessoas receberam sua dose, das quais 12.438 foram apenas no dia D, que aconteceu no último sábado (04).

A porcentagem supera a média nacional, que até a manhã de hoje (06), registra cobertura de 41,86%. Para Teresina, a expectativa é vacinar 223 mil pessoas até o fim da campanha, no dia 31 de maio. “É fundamental que a população entenda a importância de se vacinar para que não possam contrair os vírus da influenza H1N1, H3N2 e influenza B, que estão aí no ambiente”, disse o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) Charles da Silveira. “Por isso, fazemos esse apelo às pessoas dos públicos-alvo que possam comparecer aos postos e efetivar a sua vacina, é importante e é fundamental”, completou o presidente.

Para atingir esta meta, a FMS está mantendo 104 salas abertas todos os dias, em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e hospitais. Têm direito à vacina contra a gripe os idosos, gestantes, crianças de seis meses a menores de seis anos, puérperas (mulheres com até 45 dias de pós parto), trabalhadores da saúde, população indígena, pessoas privadas de liberdade, professores e pessoas com doenças crônicas, além dos funcionários do sistema prisional, presos e policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, explica que a escolha do público se dá em razão de serem camadas da população mais suscetíveis ao vírus e com mais chances de agravamento da doença, que nestes casos pode levar a internações e até mesmo a morte. “É importante que ela seja tomada todos os anos, pois o vírus está sempre em mutação; a vacina deste ano é diferente da do ano passado, por exemplo”, explica. A diretora ressalta que a vacina é segura, feita com fragmentos do vírus morto e a possibilidade de efeitos adversos é mínima.

A Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos ou nariz.

Veja também
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2019 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium