Postada em 05/06/2019 ás 13h46
Obstetrícia do Hospital de Campo Maior beneficia mulheres do Território dos Carnaubais
O primeiro bebê já nasceu no novo setor de obstetrícia do HRCM.

Publicada por: Redação Estado Piauí

Obstetrícia do Hospital de Campo Maior beneficia mulheres do Território dos Carnaubais

O Hospital Regional de Campo Maior pôs em funcionamento o seu setor de obstetrícia, na última segunda-feira (3). A estrutura foi reformada recentemente pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), e é composta por três enfermarias e doze leitos. A unidade foi preparada para realizar partos por ocasião da interdição da Maternidade Sigefredo Pacheco, que funciona naquela cidade.

O primeiro parto do novo setor do hospital campomaiorense foi realizado na segunda-feira. 

Segundo o diretor do setor de obstetrícia do Hospital Regional de Campo Maior, Washington Belchior, o local foi preparado de forma emergencial a fim de não deixar a população desassistida. O gestor explica que a unidade também está preparada o pós-parto normal e cesariano e tem capacidade para atender cerca de 120 nascimentos por mês.

Na última quinta-feira (30), o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, se reuniu com os prefeitos dos municípios de Campo Maior, Castelo do Piauí, Cocal de Telha e Cabeceiras, além de representações de 16 cidades do Território dos Carnaubais, para traçar as estratégias relativas à condução de partos na região. O plano prevê que os partos normais serão realizados nos hospitais públicos de Campo Maior, Piripiri, Barras, Castelo do Piauí, São Miguel do Tapuio e Altos, e os partos de médio risco serão realizados em Barras, Campo Maior e Piripiri. Os procedimentos de alta complexidade serão referenciados para Teresina.

Veja também
Mais lidas da semana
Empresas destaques
© Copyright 2019 - Portal Estado Piauí - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium